Abacaxi emagrece

Quem é que nunca comeu uma fatia de abacaxi junto com a refeição, ou então, várias, logo após um churrasco ou depois de uma comida mais pesada, com a grande esperança de não engordar??? Afinal de contas, abacaxi emagrece, não é mesmo?! Ao menos é isso que dizem por aí!!!

Na verdade o abacaxi contém uma enzima chamada bromelina que facilita a digestão de proteínas, por isso é muito utilizado para “amaciar” carnes, mas “queimar gordura”, isso ele não faz. Aliás, nenhum alimento tem o poder de “queimar” gorduras, senão seria fácil, não é mesmo! Você se empanturra de comida e depois come uma fatia de abacaxi e está tudo certo, ele some com as calorias dos alimentos ingeridos!!!

É importante dizer que como o abacaxi facilita a digestão das proteínas, na realidade ele favorece a hidrolise das mesmas, e elas poderão ser mais facilmente absorvidas pelo nosso organismo, de certa forma, aumentando a taxa de absorção e consequentemente, teria até o efeito contrário ao “queimador de gorduras”, ele aumentaria o conteúdo calórico absorvido.

Agora entrando um pouco neste tema de alimentos emagrecedores o que pode existir são os alimentos termogênicos, que promovem um gasto calórico maior durante seu processo de digestão.

É claro que estes alimentos também não são milagrosos e não irão promover seu emagrecimento da noite para o dia. No máximo, eles podem aumentar em uma mínima quantidade seu gasto energético diário, desde que associado a uma dieta balanceada. Porque não adianta comer uma costelinha de porco junto com um molho de maionese e mostarda (que é termogênica) e esperar que você não vá engordar por isso.

Outros alimentos considerados termogênicos são: a pimenta vermelha, gengibre, vinagre de maçã, acelga, aspargos, couve, brócolis, laranja, kiwi, cafeína, guaraná, linhaça, gorduras vegetais, gorduras de coco e produtos derivados de chocolate.

Se você é daqueles que tenta todas as estratégias de emagrecimento, ainda existe outra forma de aumentar o gasto energético, que seria consumindo água gelada várias vezes ao dia, visto que seu organismo teria maior trabalho para elevar a temperatura da mesma, que gelada está em torno de 5,0°C para a temperatura corporal ( 36,5°C ). Mas esse aumento no gasto energético é tão insignificante, que é melhor você não contar com ele.

O melhor mesmo é adotar uma dieta equilibrada, pobre em gorduras, sobretudo as saturadas, e associa-la a uma atividade física.

Lembre-se que a mudança tem que vir de dentro para fora, é necessário primeiro mudarmos hábitos errados, melhorarmos nossa alimentação e deixar de lado a vida sedentária. Não espere milagres! Um alimento correto inserido em uma dieta toda errada não conseguirá trazer muitos benefícios, no entanto a inclusão de alguns alimentos não tão adequados em uma dieta balanceada, podem tornar a vida mais gostosa e não menos saudável.